Estrutura

Hortoterapia

A horta serve como objeto de estudo interdisciplinar. Os estudantes discutem temas como alimentação, nutrição e ecologia, que, aliados ao contato direto com a terra e as plantas, geram situações de aprendizagem reais e diversificadas. Assim, os educadores devem dar o máximo de responsabilidade às crianças, inserindo-as nas discussões sobre o rumo do projeto e os cuidados com a natureza.

Hidroterapia

A hidroterapia, por meio das propriedades físicas da água, promove adequação do tônus muscular, fortalecimento muscular, estimulação da motricidade voluntária e prevenção para alterações cardio respiratórias. A terapia aquática também estimula as fases do Desenvolvimento Neuropsicomotor Normal (DNPM), como o controle de tronco e da marcha e a melhoria do equilíbrio, e ainda proporciona estímulos multissensoriais, facilitação dos movimentos e treinamento de atividades funcionais.

Equoterapia

O termo "equoterapia" é utilizado para designar todas as práticas que usam o cavalo - técnicas de equitação e atividades equestres -, visando ao desenvolvimento global, à reabilitação e/ou à educação de pessoas com necessidades físicas e educacionais especiais. Trata-se, portanto, de um recurso terapêutico, ou melhor, de um conjunto de técnicas reeducativas que atuam para superar danos sensoriais, cognitivos e comportamentais, e que desenvolvem atividades lúdicas esportivas utilizando o cavalo.

AVD

A criança só aprende aquilo que vive concretamente. É importante que ela faça suas próprias descobertas através da manipulação, da exploração do ambiente físico-social. Para isso, podem e devem ser exploradas situações referentes a alimentação, higiene pessoal, saúde, segurança, atividades domésticas e vestuário. Assim, com o treinamento em AVD, a criança aprende, entre outras coisas, a: localizar os alimentos no prato; cortar alimentos; controlar a quantidade de comida do prato sem derramar; controlar a quantidade de comida no talher; servir-se à mesa; encher copos e garrafas; receber visitas; vestir-se adequadamente; cuidar de sua aparência pessoal; caminhar, sentar e gesticular de maneira adequada; prevenir-se contra acidentes e remediá-los.

Fisioterapia

A fisioterapia vem ajudando a fazer a diferença na área educacional. Sabemos que uma criança com o DNPM atinge com muito mais tranquilidade os objetivos das atividades escolares, tanto na primeira fase como na segunda. As crianças que necessitam se beneficiam muito dos resultados da fisioterapia aplicada à educação, pois precisam aprender a manter uma boa interação social para se inserir na turma, o que pode ser prejudicado por timidez, hiperatividade ou pela presença de outros transtornos, como o transtorno de déficit de atenção.

Sala Sensorial

Ensinar e aprender explorando os cincos sentidos não é difícil. O ato de ensinar está, na maioria das vezes, ligado à estimulação dos sistemas visuais e auditivos, já que somos seres audiovisuais. Não é difícil, mas é raro encontrar atividades que estimulem os sentidos. Jogos, brincadeiras e outras atividades sensoriais estimulam a inteligência, ajudam na criatividade e permitem que os alunos aprendam mais e melhor. Isso ocorre porque o cérebro tem a oportunidade de acionar diferentes canais para a entrada de conhecimento contemplando todos os estilos de aprendizagem.

Esportes

A prática esportiva como instrumento educacional visa ao desenvolvimento integral de crianças, jovens e adolescentes. O esporte capacita o sujeito a lidar com suas necessidades, desejos e expectativas, bem como com as necessidades, expectativas e desejos dos outros. Assim, ele pode vir a desenvolver competências técnicas, sociais e comunicativas, essenciais para o seu processo de desenvolvimento individual e social.

Educação Física

A prática esportiva como instrumento educacional visa ao desenvolvimento integral de crianças, jovens e adolescentes. O esporte capacita o sujeito a lidar com suas necessidades, desejos e expectativas, bem como com as necessidades, expectativas e desejos dos outros. Assim, ele pode vir a desenvolver competências técnicas, sociais e comunicativas, essenciais para o seu processo de desenvolvimento individual e social.

Todos os direitos reservados.